Estratégia na Inovação

A Estratégia na Inovação é deixada de lado muitas vezes, afinal, assim que você tem uma ideia criativa já acha que está pronto para ser empreendedor e abrir um negócio, certo?

Errado! Para construir um novo produto ou implantar um processo inovador você vai precisar da estratégia.

Porque inovar tem mais a ver com uma rotina de atividades e planejamento do que com uma descoberta no meio do dia (ou no banho).

O conceito de estratégia surgiu há muitos séculos a partir de táticas militares na Grécia. Os primeiros estudos foram elaborados com base na arte da guerra.

Aos poucos esse conceito de estratégia foi naturalmente trazido para as empresas de todos os tamanhos em todo o mundo.

O problema é que na correria do dia a dia muitas delas entram no campo de batalha, chamado de “mercado”, sem ter uma estratégia clara e bem definida do que fazer e como agir.

Estratégia na Inovação

Definição de estratégia na inovação para ganhar o mercado

Um conceito conhecido dos autores Hamel e Prahalad indica que estratégia é o processo de construção do futuro, aproveitando competências fundamentais da empresa.

Michael Porter, autoridade mundial no assunto, indica que estratégia é um conjunto de ações ofensivas ou defensivas para criar uma posição defensável numa indústria e enfrentar com sucesso as forças competitivas obtendo um maior ROI.

E Peter Drucker, o pai da Administração, diz que a estratégia é um processo contínuo e sistemático que possui o maior conhecimento possível sobre o futuro.

O ponto que une todos esses autores reconhecidos na administração é que pensar estrategicamente se tornou indispensável na condução e na gestão das organizações.

Tomar decisões com riscos, organizar sistematicamente ações diárias e gerir os resultados fazem parte da condução da sua estratégia.

Como conseguir crescer com uma gestão estratégica na inovação?

Algumas empresas têm a estratégia, porém não desdobram em ações de nível tático (de gestão) e operacional para a execução no dia a dia.

Isso é importante para que as atividades de trabalho sejam efetivas para o atendimento do plano da empresa.

Muitas dessas organizações que dizem inovar não entendem o sentido da estratégia da empresa, o que é fundamental para obtenção da meta da organização.

Estratégia para desenvolver produtos

Quando falamos em desenvolvimento de produtos, existem fatores que afetam diretamente o resultado do seu lançamento.

Tanto que para aumentar as chances de sucesso, três ferramentas são de amplo conhecimento.

A primeira delas é o ciclo de vida do produto, que possibilita a identificação de fases de um produto.

Dessa forma, é possível tomar decisões mais assertivas, e definir as ações de cada fase do produto:

Introdução: O período de iniciação do produto no mercado, ou seja seu lançamento, e geralmente possui um ROI mais baixo que nas outras etapas

Crescimento: é a fase a qual a empresa obterá um feedback do cliente em relação ao seu produto, se tudo estiver correndo como desejado, os investimentos iniciais serão cobertos e o produto começará a gerar lucro.

Maturidade: Nessa parte, o produto já conquistou o mercado e tem relevância, como ele já está bem estabelecido com seus concorrentes, os investimentos serão menores que na fase inicial, tornando essa fase altamente lucrativa.

Declínio: Quase tudo chega ao fim, e é inevitável um produto não passar por essa etapa, isso acontece pelos mais diversos fatores e pode ser postergado, mas não evitado.

Existem outras estratégias que são utilizadas aliadas à isso, tal como a Matriz BCG, ou então a Matriz de Ansoff.

Inovação com estratégia

Para se ter sucesso nisso, todos precisam ter a mesma informação sobre qual é orientação estratégica da empresa para inovar para os próximos anos. Essa informação geralmente é expressa pela Missão, Visão e Valores.

O resultado de não ter uma boa definição de orientação estratégica é o desperdício de esforços e desmotivação generalizada.

Com essa visão e conhecimento corretamente registrados no planejamento estratégico e desdobrado em ações, ocorre o impulso da inovação.

Vale destacar que a inovação para uma empresa deve sempre ser sinônimo de valor, ou seja, inovação de valor.

Deve proporcionar a empresa um retorno no investimento realizado nos recursos empregados para obter essa inovação, seja pessoas, processo ou financeiro.

A inovação nas empresas é o que gera a diferenciação no mercado.

É muito importante ter uma boa estratégia para a inovação e ela deve estar ligada ao planejamento estratégico, pois como diz o ditado: “para quem não sabe aonde vai, qualquer caminho serve”.

Como podemos te ajudar?

Implemente uma cultura de inovação na sua empresa com o nosso Software de Gestão da Inovação. CRD

Nós, da 4C Innovation, somos uma plataforma de desenvolvimento de produtos que guia empresas na implementação de uma cultura de inovação organizacional, transformando ideias em produtos/serviços com viabilidade de mercado.

software de Gestão da Inovação, o CRD, surgiu a partir dos conceitos de transformação digital do MIT, alinhado com anos de experiência em consultorias de inovação.

Tanto que o resultado final foi uma ferramenta de governança de inovação, utilizada como meio para fazer a gestão da transformação de ideias em produtos ou serviços, como implementação de melhorias ou até mesmo com análise de startups.

Gostou do nosso texto? Continue lendo mais sobre inovação nosso Blog e assine nossa newsletter de captação de recursos.

Tire suas dúvidas

Agende uma demonstração guiada da ferramenta para você avaliar se é pertinente para sua empresa.

Estratégia na Inovação

A Estratégia na Inovação é deixada de lado muitas vezes, afinal, assim que você tem uma ideia criativa já acha que está pronto para ser